Clarissa

about

Clarissa Garotinho é jornalista.
Está em seu primeiro mandato de deputada federal, para o qual foi eleita com a maior votação recebida por uma mulher no Brasil em 2014 – foram mais de 335 mil votos.
Foi dirigente da União Nacional dos Estudantes (UNE), vereadora do município do Rio de Janeiro (2009-2011) e deputada estadual fluminense (2011-2015).
Como vereadora, participou da construção do Plano Diretor do Rio de Janeiro.
Na Assembleia Legislativa do estado do Rio de Janeiro, foi presidente da Comissão de Assuntos Municipais e Desenvolvimento Econômico.

Filha dos ex-governadores Anthony e Rosinha Garotinho, é conhecida por assumir posições firmes sobre várias questões, não só em defesa dos interesses do povo do estado do Rio.
Clarissa votou, por exemplo, contra o projeto de lei que amplia a terceirização e contra a MP 665, que endurece as regras para concessão do seguro desemprego. Para ela, o ajuste fiscal não pode tirar direitos dos trabalhadores.
A deputada é presidente da Comissão de Viação e Transportes (CVT), uma das mais importantes da Câmara, na qual atua como relatora de projetos como o da nova Lei dos Aeronautas.
Clarissa também é membro titular da Comissão Especial sobre o Pacto Federativo (Cepacto), da Comissão de Cultura, da Comissão Permanente Mista de Combate à Violência Contra a Mulher (CPMIVIOL) e da Secretaria da Mulher, além de acompanhar a CPI da Petrobras.